Apren | Associação de Energias Renováveis

Acciona assegura o fornecimento de electricidade de origem renovável à repsol polímeros, no seu maior contrato em portugal

A ACCIONA, como produtora de eletricidade 100% renovável, irá fornecer energia eléctrica ao complexo petroquímico da Repsol Polímeros em Sines, representando o maior contrato de comercialização de energia a grandes clientes celebrado pela companhia no mercado português.

A operação, ganha em concurso pela ACCIONA Green Energy Developments, consolida a actividade de comercialização de eletricidade de origem renovável ao cliente final em Portugal, com um segmento de atividade iniciado pela companhia em 2015 e que prevê atingir os 276 Gigawatts-hora (GWh) fornecidos durante o atual exercício.

O contrato com a Repsol Polímeros contempla o fornecimento de 165 GWh de electricidade, desde o dia 1 de Janeiro até ao dia 31 de Dezembro do presente ano. Este volume de energia renovável irá evitar a emissão anual de mais de 158.000 toneladas de CO2 em centrais de carvão.

“Estamos muito satisfeitos por ter ganho o contrato com a Repsol Polímeros, o que reforça a nossa presença como empresa comercializadora em Portugal, permitindo-nos fornecer energia renovável a uma das principais empresas petroquímicas do país”, afirmou Santiago Gómez Ramos, director da ACCIONA Green Energy Developments.

A ACCIONA produz, por ano, aproximadamente 390 GWh de electricidade de origem renovável em Portugal, país pertencente, juntamente com a Espanha, ao Mercado Ibérico da Electricidade (MIBEL) que integra os sistemas eléctricos de ambos os países. Essa produção tem origem em instalações de produção em Portugal que totalizam 165,5 megawatts (MW), dos quais 119,7 MW são de energia eólica (com 19 parques eólicos) e 45,8 megawatts-pico (MWp) da central fotovoltaica da Amareleja no Concelho de Moura. Entre os clientes que fornece em Portugal estão empresas como a Roca, Hutchison e Salvesen.

Atividade em Espanha

A ACCIONA Green Energy tem em Espanha uma carteira de clientes ampla e diversificada, entre os quais estão a Coca-Cola Iberian Partners, Inditex, Danone, General Mills, Kellogs, Lily, grupo Calidalia, Heinz, Merck, vários hospitais da Comunidade de Madrid e alguns dos principais museus do país, entre eles o Museu do Prado, o museu Thyssen-Bornemisza e o museu Reina Sofía.

Toda a electricidade comercializada pela companhia tem a certificação da Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência como sendo de origem renovável e procedente das suas próprias instalações de geração ou de terceiros representados por ela.

No anterior exercício, o segmento de actividade de venda de electricidade ao cliente final representou para a ACCIONA Green a comercialização de mais de 4.800 GWh na Península Ibérica, valor que quadruplicou o registado há 5 anos, com uma facturação aproximada de 370 milhões de euros.

Juntamente com este tipo de contratos bilaterais, a companhia realizou outras importantes operações de venda de energia renovável a clientes corporativos interessados em reduzir a sua pegada de carbono, sendo de destacar o acordo alcançado recentemente com a Google para fornecer as instalações desta empresa tecnológica no Chile.





todos os direitos reservados